Imprimir

Música e Canto

maracaNos rituais do Instituto Céu na Terra é através dos Cantos e do toque de instrumentos que são invocadas a Força e a Luz da Ayahuasca nas sessões e é também através dessas mesmas Canções que nos fortalecemos no dia-a-dia, recordando os ensinamentos que orientam nossas vidas e nossas atitudes. Os Cantos nos confortam, nos alegram, nos orientam e nos dão a chave de nossa própria cura.

Estes Cantos em todas as linhas do daimismo são também denominados de hinos. São canalizados do plano espiritual através da mediunidade em um processo semelhante ao da psicografia (tanto a letra quanto a melodia são canalizadas). O conjunto de hinos é denominado hinário. Esta forma de transmissão (musical/cantada) de ensinamentos foi iniciada por Raimundo Irineu Serra, o Mestre Irineu, e continuada por seus discípulos.

Além dos hinos cantados, faz parte do ritual do Instituto Céu na Terra a audição de músicas, o que não vem do daimismo tradicional. Padrinho César Gyalbo, o fundador do trabalho do Instituto Céu na Terra, acrescentou esse elemento ao ritual com base em seu conhecimento dos potenciais terapêuticos de determinadas músicas e sons, fruto de sua formação como terapeuta, que incluiu o estudo de semântica musical. No âmbito ayahuasqueiro, essa prática, incorporada às sessões, vem de duas fontes distintas: do tempo em que Padrinho César participou de trabalhos terapêuticos experimentais com a Ayahuasca e do tempo em que fez parte, como sócio, da União do Vegetal, doutrina ayahuasqueira na qual esse costume também está presente.

As músicas ouvidas durante o ritual são criteriosamente selecionadas de acordo com o objetivo que se pretende evocar: alegria, interiorização, estados regressivos, expansão da consciência, etc. Quando são utilizadas músicas com letra, geralmente Música Popular Brasileira, tem-se o cuidado de que os temas abordados estejam em consonância com como idealmente desejamos atuar no mundo: com paz, com amor, com respeito à natureza, com esperança, etc. -, já que as músicas foram compostas por artistas populares e inicialmente não tinham a intenção de serem utilizadas com fins religiosos.

Tanto as músicas ouvidas quanto os hinos cantados coletivamente realçam o potencial de percepção da beleza estética que o chá aflora em nós. Portanto, a participação em rituais dessa natureza, ao proporcionar que nossas capacidades de percepção estética fiquem mais aguçadas, pode muitas vezes nos levar a desenvolver algum tipo de habilidade criativa, seja ela musical ou na forma de pintura, de poesia, etc.

Além disso, a música toca os nossos sentimentos, promovendo um clima de sintonia e de afetividade entre os participantes do ritual. Essa sintonia e essa afetividade, juntamente com o sentimento de pertença ao grupo, que se dá por meio da participação constante (quinzenal), são terreno fértil para que se trabalhe, por meio da Psicoterapia Espiritual, questões que somente afloram quando as pessoas já estão ligadas umas às outras através de vínculos mais profundos e de relações de maior confiança.

Agenda

 ◄◄  ◄  ►►  ► 
MARçO 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Caminhantes do Céu

cdOuça a música espiritual, universal e brasileira da ayahuasca executada nos ritos da Fraternidade Céu na Terra no cd Jornada da Transformação, com Os Caminhantes do Céu. 

Leia mais...

Newsletter

Cadastre-se e receba nossas newsletters.


Aniversário