Imprimir

Psicoterapia Espiritual em grupo quinzenal

A Psicoterapia Espiritual Grupal é o modelo terapêutico utilizado no Instituto Céu na Terra, que trabalha com grupos que fazem uso ritualístico da Ayahuasca como meio de expansão da consciência, de autoconhecimento e de acesso ao Plano Espiritual.

Nestes grupos, o ritual é de suma importância, pois é através dele que acessamos determinados arquétipos, que são poderosas matrizes constitutivas do inconsciente coletivo e que são comuns a toda humanidade, ontem, hoje e sempre. Quando plenamente vivenciado, um arquétipo é uma força que mobiliza grandes quantidades de energia e impulsiona o indivíduo a encontrar seu lugar na Totalidade.

Na Psicoterapia Espiritual, os conteúdos aflorados durante o ritual de consagração da Ayahuasca, que surgem na forma de mirações, de símbolos, de percepções e de vivências, são compartilhados pelos participantes. Os grupos são mediados pelo coordenador, que orienta, aconselha e intervém, quando necessário, embora sempre de forma não-interpretativa.

Nesta linha de trabalho, o psicoterapeuta é um "facilitador". A clássica relação hierarquizada de terapeuta-paciente deixa de existir neste modelo terapêutico, tornando-se uma relação entre irmãos e companheiros de jornada. O psicoterapeuta, no grupo, não é uma superimagem, é um ser humano entre outros seres humanos, também buscando sua integração e desenvolvimento.

A participação contínua nos trabalhos de grupo é uma oportunidade que as pessoas têm para se conectar consigo mesmas, com a Vida e para desenvolver uma nova sensibilidade frente a sua existência. Cada um participa da sua própria cura e, ao mesmo tempo, contribui para a cura dos demais. Cada um torna-se, mesmo sem essa intenção, também um terapeuta, um agente de saúde.